SEJA SELETIVO EM SUAS BATALHAS: AS VEZES SER FELIZ É MELHOR DO QUE ESTAR CERTO.

 

NÃO É FELIZ QUEM SEMPRE TEM RAZÃO

1Um casal foi convidado para participar de uma festa importante em uma cidade que não conheciam.

Antes de sair de casa, os dois consultaram o mapa rapidamente e o esposo seguiu dirigindo.

Ela orienta e pede que vire, na próxima rua, à direita.

Ele tem certeza que é à esquerda. Por um momento, eles quase discutem.

Os dois já estavam atrasados e a esposa, sabiamente, para não chegar, além de atrasada, mal humorada, deixa que ele decida qual caminho seguir.

Depois de mais alguns minutos na estrada, ele admite que insistiu no caminho errado, enquanto faz o retorno.

Ela sorri e diz que não tem problema se chegarem um pouco atrasados.

Ele pergunta:

– Se você tinha tanta certeza que meu caminho estava errado, por que não insistiu um pouco mais para que eu mudasse?

Ela responde:

– Entre ter razão e ser feliz, prefiro ser feliz! Estávamos quase discutindo e se eu insistisse nisso, teríamos estragado nossa noite.

2

Essa breve história, contada por uma empresária em uma palestra sobre simplicidade no mundo dos negócios, ilustra perfeitamente como o orgulho-nosso-de-cada-dia pode prejudicar os relacionamentos de uma pessoa e impedi-la de tomar decisões racionais.

O orgulho, quando cultivado como amor próprio e admiração equilibrada por si mesmo, é saudável e essencial para quem tem o mínimo de autoestima, mas quando se torna um sentimento egoístico e narcísico, acaba por fazer a pessoa menosprezar o bem estar dos outros e agir cegamente sem medir as consequências dos seus atos.

Geralmente essas pessoas insistem pela última palavra em uma discussão e mesmo sabendo que estão erradas, argumentam até o fim para defender não a verdade, mas o sua própria e exclusiva razão!

Elas protegem o ego com a própria vida, preferem “quebrar a cara” do que dar o braço a torcer. O orgulho funciona nelas como uma espécie de rancor e admitir um erro, é para elas inadmissível.

Como diria o saudoso professor Girafales “Jamais cometi um erro, na verdade o meu único erro foi um dia pensar que cometi um”.

3

O pior, é que quando fora de controle, o orgulho passa a representar um bloqueio emocional na vida da pessoa, impedindo-a de trabalhar, se relacionar e viver normalmente.

Os seus relacionamentos amorosos são sempre instáveis porque seu parceiro não suporta o ego inflado que ela carrega, muitas vezes é rapidamente demitida de uma empresa porque jamais assume a responsabilidade por um problema, a culpa é sempre do outro, costuma dizer.

Como líder, o orgulhoso é um ótimo chefe, não ouve os funcionários, se irrita facilmente e trata seus colaboradores como simples mão de obra.

Imagine essa pessoa como pai ou mãe? O estrago que ela causa na vida dos filhos é terrível! Muitos homens e mulheres que procuram a Hipnoterapia hoje reclamam de conflitos com pais que nunca os ouviam e sempre estavam com a razão por serem maiores, mais velhos e se considerarem mais inteligentes.

Seria muito simplista dizer para essa pessoa “Seja mais humilde, peça desculpas!”, mas nem sempre é tão simples assim.

Talvez esse pobre orgulho já tenha tentado muitas vezes mudar o seu comportamento, mas para ela é extremamente difícil assumir uma postura diferente, afinal nem sequer tem paciência para isso.

Qual o problema dessa pessoa então? Ela sabe que é orgulhosa, sabe que trata os outros mal, já quebrou a cara por não dar o braço a torcer muitas vezes, entretanto não consegue mudar o seu jeito de ser.

A questão do orgulho está diretamente ligada à necessidade de sentir-se superior e se afirmar no mundo, mascara também um medo de perder, de ficar para trás, de se tornar inferior.

Como diria nossa ex-presidente “Não importa quem ganhar ou quem perder, vai todo mundo perder” e apesar dessa afirmação parecer confusa, se aplica perfeitamente no que desejo transmitir nesse artigo, quando se trata de ser feliz, não importa se você está ganhando ou perdendo a razão, às vezes é muito, mas muito (muito mesmo) mais compensador abrir mão da sua razão para não perder sua paz.

Artigo produzido por Hipnose na Prática


E se você deseja se aprofundar no estudo da Hipnose e Hipnoterapia, clique no campo abaixo em “QUERO RECEBER” seta Cadastre seu e-mail e receba conteúdos Exclusivos sobre hipnose e desenvolvimento humano!minicurso-de-hipnose

Leia também: NOVA PESQUISA DIZ QUE FALAR SOZINHO DEIXA VOCÊ MAIS INTELIGENTE e PSICOLOGIA INFANTIL: NUNCA MANDE UMA CRIANÇA ENGOLIR O CHORO.

Entrevistas: Entrevistas sobre Hipnose
Mais Aulas: Induções Hipnóticas

#Aprenda Hipnose Gratuitamente: Minicurso Gratuito de Hipnose

Siga-nos nas Redes Sociais:
fb       App Grupo         app YouTube         App Instagram 2       Twitter App     app Pinterest

Deixe uma resposta