RESILIÊNCIA: COMO SUPERAR CRISES E APRENDER COM ELAS.

qualidade-de-vida-resiliencia

A palavra RESILIÊNCIA é um termo que, na física, diz respeito aos materiais que sofrem grande impacto de temperatura e pressão ao ponto de quase serem destruídos, mas conseguem retornar ao seu estado original, se regenerando completamente.

Na psicologia, o termo foi adaptado como resiliência emocional para caracterizar a capacidade de enfrentamento que algumas pessoas desenvolvem em relação às frustrações da vida, como a perda de um emprego, término de um relacionamento ou morte de um amigo.

É inevitável sentir-se triste ou deprimido diante de uma situação difícil, afinal ninguém tem nervos de aço, mas uma pessoa resiliente consegue reciclar esses sentimentos negativos e extrair grande aprendizado deles.

Você consegue se imaginar aprendendo lições positivas com os momentos mais dolorosos da sua vida? Como diz um antigo ditado “Não importa o que fizeram a você, mas sim o que você faz com aquilo que fizeram a você”.

Alguém pode estar se perguntando “Será que realmente é possível sobreviver, superar e ainda voltar a ser uma pessoa feliz depois do que me aconteceu?”. Antes de responder essa pergunta, deixe-me contar-lhe uma história real.

O psicólogo Viktor Frankl, criador da Logoterapia, acompanhou pessoalmente a história de muitos prisioneiros em um campo de concentração e pôde ver de perto o sofrimento humano nas situações mais extremas.

prisioneirosEm seus relatos, Viktor diz que muitas pessoas desistiam de viver porque não conseguiam mais suportar a pressão física e psicológica das torturas, então tiravam suas próprias vidas lançando-se contra as cercas eletrificadas, parando de comer ou, a sangue frio, se atirando contra os miliares e seus cães.

Você pode imaginar a dor física, psicológica e emocional que levava essas pessoas a buscarem a morte para escapar do sofrimento? Será que alguém poderia manter a mente sã em uma situação tão desesperadora?

Segundo Viktor, a resposta é sim, pois no campo de concentração também existiam aqueles prisioneiros que encontraram estratégias para suportar a dor da prisão e no fim sobreviver.

Essas pessoas conseguiram criar um SENTIDO para suas vidas como, por exemplo, guardar alimento para um prisioneiro mais decadente ou mobilizar-se para conseguir remédios para algum outro mais necessitado.

resiliencia-emocional

Viktor afirma que essas ações traziam de volta para eles a dignidade humana e lhes abasteciam de força e determinação pessoal para perseverarem mesmo em circunstâncias tão desafiadoras.

Esse SENTIDO, também conhecido como PROPÓSITO E MISSÃO DE VIDA é o conteúdo existente na alma de uma pessoa, o seu recheio psicológico.

Imagine como reagem as batatas e ovos colocados em uma panela de água fervente, enquanto as batatas se dissolvem, os ovos se endurecem.

Agora aplique essa metáfora na sua própria vida e se pergunte “O que sou eu? Batata ou ovo?”. Isso diz respeito a sua estrutura emocional, como você reage quando as coisas não saem como você esperava? O que você faz quando algo não dá certo?

Você se dissolve como a batata ou se fortalece como o ovo? O recheio dos teus pensamentos tem por base um SENTIDO DE VIDA claro, ou você nem sequer sabe para onde está indo?

Quando uma pessoa tem esse objetivo claro em sua mente, se torna como o bambu que humildemente se dobra diante das tempestades existenciais, mas não se quebra, voltando sempre a se reerguer!

Fontes: Cristiano NabucoMarisa Psicóloga.

Artigo produzido por Hipnose na Prática


PS: Algumas pessoas podem não conseguir fazer isso sozinhas e não é vergonha precisar e pedir ajuda. Nosso site conta com a assistência de vários Hipnoterapeutas profissionais que podem ajudar você a desenvolver a resiliência emocional que precisa para alcançar seus objetivos, realizar seus sonhos e voltar a um autêntico estado de felicidade mesmo após as maiores perdas.

Imagem2

Leia também: NOVA PESQUISA DIZ QUE FALAR SOZINHO DEIXA VOCÊ MAIS INTELIGENTE e PSICOLOGIA INFANTIL: NUNCA MANDE UMA CRIANÇA ENGOLIR O CHORO.

Entrevistas: Entrevistas sobre Hipnose
Mais Aulas: Induções Hipnóticas

#Aprenda Hipnose Gratuitamente: Minicurso Gratuito de Hipnose

Siga-nos nas Redes Sociais:
fb       App Grupo         app YouTube         App Instagram 2       Twitter App     app Pinterest




Deixe uma resposta