REGRESSÃO: VOU VOLTAR AO PASSADO PARA SOFRER DE NOVO?

REGRESSÃO: VOU VOLTAR AO PASSADO PARA SOFRER DE NOVO?

vou-voltar-ao-passado-para-sofrer-de-novo

Se você está acompanhando essa série de artigos, provavelmente já sabe que a Regressão de Idade é uma das principais técnicas da Hipnoterapia e que através dela, é possível ressignificar e reescrever memórias traumáticas com o objetivo de tratar as emoções do paciente e libertá-lo dos bloqueios psicológicos advindos do trauma.

Você também descobriu que a Regressão de Idade é um fenômeno hipnótico natural e pode acontecer espontaneamente até mesmo de olhos abertos.

No decorrer de uma sessão terapêutica com Regressão aplicada, é possível que o paciente retorne ao passado de forma associada, ou seja, vivenciando a causa do trauma novamente, mas nem sempre isso é necessário.

De qualquer forma, é essencial que o paciente entre em contato com as emoções negativas do trauma pela última vez antes do Hipnoterapeuta ajudá-lo a ressignificar a questão definitivamente.

Não quero dizer que uma pessoa que foi sexualmente abusada, tenha que reexperimentar o abuso durante a regressão para que o tratamento seja eficaz, mas é fundamental que ela se conecte com seu “eu do passado” e dê a ele novas possibilidades e crenças para quebrar as cadeias psicológicas formadas através do abuso sofrido.

Quando esse contato com os sentimentos traumáticos acontece, costumam ocorrer também o que denominamos catarses, ou seja, reações emocionais de choro que significam uma libertação ou purificação emocional do paciente naquele momento.

regressao-voltar-a-sofrer-de-novo

Entretanto, às vezes o paciente não suporta a ideia de vivenciar aqueles sentimentos novamente e nesses casos, o que fazer? A melhor opção é tratá-lo através da Regressão Dissociada, isto é, a pessoa assume a posição de expectador do acontecimento.

Por exemplo, um terapeuta estava tratando uma mulher que, no passado, havia sofrido um acidente de carro e após esse episódio, não conseguia mais dirigir e vivia muito angustiada.

Quando o terapeuta colocou-a em regressão associada e sugeria que ela voltasse ao dia do acidente, ela simplesmente desmaiava e o terapeuta tinha que acordá-la para tentar continuar a sessão.

Após várias tentativas de regredir a mulher no modo associado, o terapeuta decidiu sugerir que ela voltasse como uma expectadora do acidente e assim ela pôde assistir tudo que lhe aconteceu e acabou percebendo que havia desmaiado na batida, por isso desmaiava quando regredida associada.

A dissociação aplicada na Regressão Terapêutica é muito útil porque a pessoa pode se comunicar diretamente com seu “eu do passado” e até intervir para reescrever algumas situações onde se faz necessário uma reprogramação da memória.

Entenda um pouco mais sobre o estado Associado e Dissociado nesse vídeo com o Hipnoterapeuta Filipo Lima:

Gostou desse artigo? Compartilhe com seus amigos.

Artigo produzido por João Cláudio Almeida:
Apresentação do João

 


E se você deseja se aprofundar no estudo da Hipnose e Hipnoterapia, clique no campo abaixo em “QUERO RECEBER” seta Cadastre seu e-mail e receba conteúdos Exclusivos sobre hipnose e desenvolvimento humano!minicurso-de-hipnose

Leia também: Hipnoterapia: O que é regressão de idade? e Regressão de idade: É possível regredir de olhos abertos?

Entrevistas: Entrevistas sobre Hipnose
Mais Aulas: Induções Hipnóticas

#Aprenda Hipnose Gratuitamente: Minicurso Gratuito de Hipnose

Siga-nos nas Redes Sociais:
fb       App Grupo         app YouTube         App Instagram 2       Twitter App     app Pinterest




Deixe um comentário